Can We Start a Sentence With “Because”?

Can we start a sentence with “because”? 

The answer to this question is quite simple, even though it’s a doubt that often strikes students. Yes, we can. But saying that doesn’t make everything clear, as actually it probably leads you to new questions, such as “when can we use it to start a sentence?” or “how can we use it?”.

So, now we have some good points to discuss!

Luckly, these are not unsolved mysteries of English grammar, and, in fact, you can easily get to the answers just by reading Can You Start a Sentence With Because?, from GrammarGirl.  Short, sharp, and extremely clarifying! Check it out!

Great, right?! Class dismissed? Rs.

Wait a second! Are you sure you don’t have any more questions?

What about the difference between “because” and “because of”? I’m sure you’ve already struggled with it!

Since we are here, why don’t you spare a little time to deal with that too, and take a look at BBC’s article on its learning English section? After that you can certainly say you’ve mastered all ins and outs of “because”!

Enjoy your studies!

Cheers,

Teacher Fabio

Portuguese:

Nós podemos começar uma sentença com “because”?

A resposta para esta pergunta é um tanto simples, apesar de ser uma dúvida que geralmente acomete os alunos. Sim, nós podemos. Mas dizer isto não deixa tudo claro, já que na verdade esta resposta nos leva a novas perguntas, como “quando podemos usá-lo para começar um sentença?” ou “como nós podemos usá-lo?”.

Bem, agora nós temos alguns bons pontos para discutir!

Por sorte, estes não são mistérios não resolvidos da gramática do inglês, e, na verdade, você pode facilmente chegar às respostas simplesmente lendo Can You Start a Sentence With Because?, da GrammarGirl. Curto, grosso, e extremamente esclarecedor! Dê uma olhada!

Ótimo, certo?! Sala dispensada? Rs.

Espere um segundo! Você tem certeza que não tem mais nenhuma questão?

Quem sabe sobre a diferença entre “because” e “because of”? Eu tenho certeza que você já teve dificuldades com isto!

Já que estamos aqui, por que você não separa mais um tempo para lidar com isso também, e dá uma olhada no artigo da BBC em sua seção de aprendizado de inglês? Depois disto você certamente pode dizer que você se especializou em todos os mínimos detalhes do “because”.

Bons estudos!

Advertisements

Gain, Earn, Win or Get? – Teacher’s Homework

Ganhar: gain, earn, win ou get? Bem, todos seriam traduzidos para o mesmo termo em questão. Então, o que fazer?

“Usar o Google Translator, professor?” – NÃÃÃO, FOR GOD SAKE¹!!! Rs

A escolha de cada um destes verbos em inglês depende do contexto em que serão aplicados. É importante ir além do significado de cada um dos termos e analisar como são utilizados e qual sentido adotam em cada frase. Nestes casos, mesmo um bom dicionário pode deixar a desejar, e o ideal mesmo é encontrar uma explicação dada por um nativo – ou um livro sobre colocação verbal – para entender bem a diferença entre palavras similares e com traduções semelhantes.

Neste caso, vou sugerir o artigo Gain, Earn, Win or Get. What is the difference?, que traz, além de definições, exemplos e explicações sobre o uso de cada um dos verbos. Além disso, no final do artigo há uma indicação de um livro de colocação verbal – Practical English Usage, Oxford – que é uma ótima publicação e de grande valia para tirar esses tipos de dúvidas, que não são respondidas por dicionários ou tradutores virtuais.

Homework done!

Vocabulary:
¹For God
 sake!:  Pelo amor de Deus! (Expressão idiomática)

Cheers,

Teacher Fabio

Longo: lengthy or long? – Teacher’s Homework

Aqui vamos nós em mais um Teacher’s Homework! Desta vez, a questão foi sobre a diferença entre lengthy e long, cujas traduções são as mesmas em português – longo. Neste caso, mais uma vez, o jeito é entender a aplicação das palavras, para podermos fazer o uso correto delas.

20120503-165038.jpg

Vamos começar dando uma olhada nas definições – em inglês – destes dois termos no contexto em que são similares:

Lengthy: long, often lasting for longer than you want or expect.

There is a lengthy and complicated application procedure.
It’s a fairly lengthy report.
After a lengthy period of negotiation, agreement was finally reached.

Long:

1. Lasting for a large amount of time.

It’s a long time since I saw Rachel.
There was a long pause before he spoke.
Many people face a long wait for surgery.

2. Measuring a large amount from one end to the other.

There was a long queue outside the bank.
We walked into a long narrow hall.
It’s the longest tunnel in Europe.

Como vocês podem ver, até mesmo em inglês a comparação entre os dois termos pode ser meio confusa, pois, logo de cara, na definição de lengthy, temos long para defini-lo. Porém, é importante observar que lengthy é utilizado quando o objetivo é enfatizar que algo é demasiadamente longo, ou extenso. Além disso, lengthy não é utilizado para qualificar aspectos físicos de algo, como uma estrada, por exemplo.

Lengthy and long podem igualmente ser utilizados para qualificar a duração/extensão de algo – como um evento, apresentação, negociação, documento, relatório etc. Porém, ao utilizar o lengthy você denotará que o item em questão estendeu-se mais do que o necessário, ou mais do que se esperava. Veja:

She gave us a long explanation of how to make chocolate chip cookies.
(She told us how to make chocolate chip cookies. This took a long time. Perhaps making chocolate chip cookies is difficult).

She gave us a lengthy explanation of how to make chocolate chip cookies.
(She told us how to make chocolate chip cookies. This took a long time. Probably longer than it needed to. She told us stuff we didn’t need to know – such as which brand of flour to use, where to buy chocolate, what kind of spatula is best to stir the dough etc).

Deu pra entender? Espero que minha explicação não tenha ficado lengthy! Rs

20120503-170443.jpg

Bem, é isso! That’s all folks! Rs

Cheers,

Teacher Fabio

Estoque: Stock, Storage ou Warehouse? – Teacher’s Homework

Em muitos momentos a tradução do inglês para o português na tentativa de diferenciar termos é inútil, e um bom exemplo disto é o caso da palavra “estoque”. Stock, storage e warehouse são todos traduzidos igualmente para este termo, então o jeito é tentar entender a definição e aplicação específica de cada um deles. Felizmente, neste caso não é tão difícil.

20120424-164527.jpg

Para começar, vamos dar uma olha na definição de cada uma delas:

Stock: an amount of something that you keep so that you can use it when you need it.

Storage: the act of storing something.

Warehouse: a big building where large amounts of goods are stored.

Bem, basicamente, é isso. Mas vejam a frase abaixo:

Goods are kept in _______________ until placed orders are confirmed.

Quais opções seriam corretas para completá-la?

A) IN STOCK
B) IN STORAGE
C) IN THE WAREHOUSE

Todas alternativas estão corretas, fellows! Rs Mas o significado de cada uma é levemente diferente um do outro. Vejam bem:

A) IN STOCK: NO ESTOQUE (agrupamento de itens/mercadorias)
B) IN STORAGE: EM ESTOQUE (ideia subjetiva/não física)
C) IN THE WAREHOUSE: NO ESTOQUE (lugar/espaço físico)

Ficou claro? Got it?

Well, homework done!

Cheers,

Teacher Fabio

Como se diz estagiário em inglês? – Teacher’s Homework

Será que ATÉ para estagiário existe uma palavra em inglês? Rs. Coitados. Claro que sim!

Esta semana me deparei novamente com esta pergunta e, apesar de já saber a resposta, resolvi trazê-la ao Blog, já que é tão recorrente. Então, para justificar a classificação do post como homework, fiz uma pequena pesquisa para trazer algo de novo para vocês – e para mim.

Mas primeiro vamos começar pelo básico, né! Então, como se diz estagiário em inglês?

Bem, existem duas opções: trainee ou inter.

“Mas qual é mais comum?” – eu sei que você vai perguntar isso. Rs.

Na verdade, não há um consenso sobre isso. Ambos podem ser usados igualmente na maioria dos casos. Algumas pessoas podem até argumentar que em suas empresas há trainees e interns e que eles são regidos de forma diferenciada. Isto pode, sim, ocorrer; mas não é uma regra. Por vezes, por exemplo, interns não são pagos para trabalhar – o que seria algo próximo do “aprendiz” em português.

Além disso, em termos mais técnicos, um estagiário pode ser chamado de probationer ou probationary worker, que é um funcionário em está em um probationary period – o período de experiência.

Seja qual for a palavra para definir esta posição, todos nós sabemos bem quão árdua ela é. Porém, em muitos casos é também a porta de entrada para carreiras promissoras. As dificuldades desta fase inicial podem ser recompensadas com ótimos frutos no futuro.

Para mostrar isto, e complementar o post, gostaria de sugerir a leitura do artigo 6 Interns That Ended Up Running the Company, que conta histórias de grande sucesso de pessoas que começaram como estagiários. Se você ainda está nesse estágio profissional, pode ser uma grande motivação! Se não, é bom para se conscientizar do potencial destes little slaves! XD

Há também outro artigo no blog – Unpaid Interns/Trainees or Paid Employees – sobre a remuneração de estagiários. Vale a pena dar uma lida também!

Boa leitura!

Cheers,

Teacher Fabio

O que significa “bluetooth”? – Teacher’s Homework

O seu celular tem dente azul?

Em alguns casos, o melhor é não traduzir mesmo. Não só bluetooth, como mouse, só para citar mais um exemplo, são termos que, mesmo em suas línguas originais, não parecem ter muito sentido em relação ao contexto em que são aplicados.

Porém, tudo tem que ter uma explicação, não é mesmo? Então, quando me vem a pergunta “mas por que bluetooth, querido professor?” (digamos que foi assim mesmo a pergunta, ok! Rs), eu não posso simplesmente dizer: porque sim (Zequinha?).

E lá fui eu atrás da explicação para a utilização da palavra bluetooth para descrever uma tecnologia de comunicação sem fio entre aparelhos eletrônicos. Meus achados mostram que nem tudo tem que fazer sentido nessa vida mesmo, ainda que haja uma explicação para todas as coisas. Rs Vejam só:

Why is it called Bluetooth?

Harald Bluetooth was king of Denmark in the late 900s. He managed to unite Denmark and part of Norway into a single kingdom then introduced Christianity into Denmark. He left a large monument, the Jelling rune stone, in memory of his parents. He was killed in 986 during a battle with his son, Svend Forkbeard. Choosing this name for the standard indicates how important companies from the Baltic region (nations including Denmark, Sweden, Norway and Finland) are to the communications industry, even if it says little about the way the technology works.” – Wikipedia

Uma maravilha, não é mesmo? Bem, pelo menos agora você já sabe, né. Minha parte está feita! Homework done! 😀

Cheers,

Teacher Fabio

Boletim de Ocorrência – Teacher’s Homework

A pergunta da semana para o Teacher’s Homework foi: “como se diz boletim de ocorrência em inglês?”. Depois, quando eu digo que meus alunos são tudo na minha vida, as pessoas não me levam a sério. Quando eu iria me perguntar uma coisa dessas? Rs Achei ótimo!

A resposta até que foi encontrada sem muita dificuldade. Desta vez, foi um daqueles casos em que você fica pensando: “poxa, eu poderia ter pensado nisto, né?”. O termo utilizado é police report. Simples, né? Who’d figure. Rs

Então, para não ficarmos somente no termo, dê uma olhada também neste link – Defintion of a Police Report – que apresenta e define os principais elementos de um boletim de ocorrência. E se quiser ver mais alguns exemplos engraçados de police reports, como os das imagens deste post, visite Oh Puh-Lice!: Funny Police Reports. Tem algumas coisas que não dá pra acreditar! Esse é um bom exemplo:

Boa leitura!

Cheers,

Teacher Fabio